Tempo é Dinheiro

timeismoney“Tempo é dinheiro”, ou “time is money”, acho que todos nós já escutamos essas expressões, cada segundo é visto como tempo para ganhar dinheiro e acumular riquezas, tais jargões colocam em evidencia quais são os valores que regem nossa sociedade atualmente, valores esses que se sobrepujam em detrimento de alguns outros. Assim vamos traçar alguns paralelos para analisarmos se não estamos sendo influenciados pela cultura capitalista em nossa mordomia para com Deus.

Deus nos prove uma renda(das mais variadas formas) a qual devemos ser fiéis administradores, dessa renda é sabido da maioria de que devemos devolver a décima parte(dizimo) e reservar uma outra parte para as ofertas. Após ler a palavra de Deus, me questionei diversas vezes se deveria utilizar os meus pouco menos de 90% da renda que Deus me fornece, com alguns entretenimentos e diversões que não implicariam na salvação de almas, esse é um ponto que exige oração e dialogo com Deus para tomar-se um rumo certo. Mas um ponto inquestionável é que o Dizimo do Senhor não deve ser tocado, porque quem não da o dizimo, “rouba a Deus”, assim dificilmente nos vemos em uma situação na qual gastamos ou somos tentados a gastar a décima parte com futilidades, comprando uma camisa do Brasil por exemplo, hoje a cerca de R$250.

Lembre-se, tempo é dinheiro, e da mesma forma que Deus nos pede a décima parte de nossa renda, Ele nos pede a sétima parte da nossa semana, inquestionavelmente deveríamos zelar por esse tempo e dedica-lo totalmente ao Senhor e os propósitos do Reino. Esse tempo sagrado é que distinguirá o Seu povo dos demais, se nos misturarmos nas mesmas diversões durante as horas sabáticas estaremos sendo indiferentes a ordem divina que diz “Lembra-te do dia de Sábado para santificar”.

Em um tempo em que esta na moda a “Caça aos Fantasmas do Farisaísmo”(assunto para outro post), deixo claro que o intuito desse post não é dividir os sabatistas entre os que assistem e não assistem jogos de futebol, pois nossa obediência é um bem para nós mesmos, nossas obras simples consequência de nossa fé e nossa Salvação é inteiramente pela Graça de Cristo.